Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bora lá Viajar!

Um blog de viagens de uma sonhadora que quer partilhar as suas experiências com o mundo.

Seg | 29.06.20

Nova Iorque // Voos, Alojamento e Transporte (com preços!)

Joana Lameiras

Times Square

 

Planear uma viagem, para mim, significa horas e horas de pesquisa, comparações de preços entre diversos sites, simulações de compras em vários dias da semana e ler posts de blogs sem fim. Hoje em dia existe tanta oferta de voos e alojamentos, que não há outra hipótese senão explorar todas as nossas opções muito bem, para conseguir fazer o melhor negócio possível.

Assim, deixo aqui descrita a minha experiência com os voos, alojamento e transporte relacionados com a minha viagem a Nova Iorque, que fiz o ano passado.

 

plane.png   VIAGEM

Fomos a 12 de Setembro de 2019 e voltámos a 18. Apesar de estas datas não serem tão concorridas como Julho ou Agosto, fiquei surpreendida quando conseguimos arranjar voos diretos na TAP,  a cerca de 450€ cada, ida e volta. Saímos do Porto às 18h, e chegámos a Newark por volta das 21h (hora local). Apesar de longo (8h), o voo de ida foi muito agradável - a TAP dá um cobertor, uma almofadinha e uns fones que podemos ligar a um ecrã, através do qual temos acesso a muitos filmes, séries, álbuns de música e até jogos. Sendo este o meu primeiro voo intercontinental, escusado será dizer que fiquei deliciada com a experiência. O voo de volta já não achei tão engraçado - foi durante a noite, pelo que chegámos a Portugal de manhã e fiquei toda trocada, tendo dormido apenas um par de horas durante a viagem.

 

bed.png

   ALOJAMENTO

Apesar de ser grande fã de hósteis, acabei por alugar um apartamento através do Airbnb. Decidimos que esta seria a opção mais indicada para a nossa família, tomando em conta que temos pessoal mais velho que valoriza muito o conforto e a privacidade. Para além disso, uma maneira ótima de poupar dinheiro é fazer as próprias refeições, pelo que ter uma cozinha é essencial.

O processo de encontrar o melhor alojamento possível foi longo. Há vários sites onde se pode procurar, mas o Airbnb tem a maior oferta e é, claramente, dos mais confiáveis. Ao longo da minha pesquisa, guardei mais de 60 apartamentos em Manhattan, Brooklyn e Nova Jersey. 

Acabei por decidir ficar numa pequena casa de dois andares em Nova Jersey. A razão é simples: em Nova Jersey, consegue-se arranjar casas maiores e melhores por mais barato, comparativamente a Nova Iorque. O nosso apartamento, por exemplo, ficou a cerca de 33€ por pessoa/noite, o que considerámos relativamente acessível, dadas as excelentes condições em que se encontrava. Partilhávamos a casa com outra família, sendo que eles tinham o andar de cima e nós o andar de baixo e cave (que também tinha, para além da garagem, um quarto). A casa tem duas entradas, pelo que nunca nos cruzámos com a outra família.

 

casa Nova Jersey

 

Esta revelou-se ser uma ótima decisão, pois adorámos a casa e tivemos a oportunidade de ter uma experiência diferente que não teríamos em Nova Iorque - ver os bairros de Nova Jersey, muito mais calmos e tradicionalmente americanos do que os de Nova Iorque, enriqueceu a viagem e permitiu-nos ver dois lados distintos dos Estados Unidos.

Dito isto, penso que ficar alojada no centro de Nova Iorque deve ser igualmente incrível - permite aproveitar a vida noturna única daquela que é a cidade que nunca dorme.

 

trem.png   TRANSPORTE

Fomos de Uber do aeroporto de Newark até Nova Jersey, pois estávamos carregados de malas, já era tarde e estávamos esfomeados. A viagem durou mais ou menos 45 minutos e, como éramos muitos, dividimo-nos em dois carros. Cada viagem ficou em cerca de 50$, ou seja, 10-12$ por pessoa.

Para nos deslocarmos de Nova Jersey a Nova Iorque, apanhávamos o autocarro - normalmente o 119, mas há imensos que fazem este trajeto e sugiro que, se tiverem wifi no alojamento, verifiquem sempre antes de sair de casa a maneira mais rápida de chegarem ao vosso destino no google maps, porque há mesmo muitas opções.

Dentro da cidade de Nova Iorque, deslocámo-nos sempre de metro, exceto para ir à ilha Roosevelt (de teleférico) e a Staten Island (de ferry). Comprámos o MetroCard de 7 dias porque sabíamos que íamos andar imenso de metro e essa decisão acabou por compensar. Ficou em cerca de 30$ / pessoa.

Andar de metro é fácil, quando se percebe bem o mapa. Recomendo que o estudem antes - eu só comecei a perceber mesmo como o interpretar nos últimos dias.

 

Metro Nova Iorque

 

Todas estas decisões foram adaptadas para a minha família de 9 pessoas. É preciso ter em atenção que há sempre opções mais em conta, como voos com escalas e hósteis que não apostam muito no conforto, que podem ser indicados para outros tipos de viagens.

De qualquer maneira, espero que este post tenha sido útil de alguma forma! Em breve irei contar mais detalhes acerca desta viagem, incluindo um roteiro completo dos sítios por onde passei e o que comi! 

 

 

Guarda este post no Pinterest!

Nova Iorque: Voos, alojamento, transporte